O AMOR É SOFREDOR, É BENIGNA; AO AMOR NÃO É INVEJOSO; O MAOR NÃO TRATA COM LEVIANDADE, NÃO SE ENSOBERBECE.
NÃO SE PORTA COM INDECÊNCIA, NÃO BUSCA OS SEUS INTERESSES, NÃO SE IRRITA, NÃO SUSPEITA DO MAL.
NÃO FOLGA COM A INJUSTIÇA, MAS FOLGA COM A VERDADE.
TUDO SOFRE, TUDO CRÊ, TUDO ESPERA. MAS, O AMOR JAMAIS ACABA.
I CORÍNTIOS 13: 4,5,6,7 E 8 A

sábado, 1 de maio de 2010

Amor de Mãe .


Mãe
Que gerou e que gera.
Mãe
Que embalou e que embala
Mãe
Que perdeu noite de sono e as que ainda perdem suas noites.
Mãe
Qua amamentou e amamenta o seu filho com amor
Mãe
Que se preocupou e se preocupa com alimento do seu filho.
Mãe
Que sofreu e que sofre por um filho
Mãe
Que suplicou e suplica a Deus em oração
Mãe
Que viveu e vive em função dos seus filhos
Mãe
Que aconselha, que dar carinho e amor
Mãe
Que ama sem nada exigir
Mãe
Que se doa, que se alegra somente com um sorriso de seu filho.
Mãe
Que se preocupa com o futuro de seu filho
Mãe
Que procurou e procura os seus filhos neste mundo
Mãe
Mulher que ora e intercede pelas vidas e pela igreja.
Mãe
Mulher que Deus criou
Mãe
Escolhida para gerar vidas
Mãe
Amor incondicional
Mãe
Palavra inexplicável.
Mãe
Maior benção na nossa vida.
Mãe
Obrigada por ter existido em minha vida!!
Obrigada por existir na vida dos que ainda a possue.
Mãe
Que Deus te abençoe hj e sempre.

6 comentários:

  1. Oi Fátima!

    Passei para dar as boas vindas da UBE via blog.

    Deus a abençoe, querida.

    ResponderExcluir
  2. Irmã Lindo texto, que o Senhor continue a lhe proporcionar bençãos para poder criar textos como este.
    Amém
    http;//vidasimpactando.blogspot.com
    Cláudio Muniz

    ResponderExcluir
  3. Oi, Fátima! A paz, minha querida irmã!
    Tenho recebido suas mensagens pelo ubeblog.
    Deus nos mandou caminhar.
    Mesmo sem saber aonde vamos chegar
    Mesmo sem saber com quem vamos encontrar
    Mesmo sem saber o que falar.
    Na hora certa - nem mais nem menos - ele nos dirá aonde ir
    com quem falar
    e o que falar.
    As vezes o caminho está tão escuro, que olhamos em volta e, com a vozinha titubeante, baixinho, perguntamos: Pai, o Senhor ainda está aí, não está?
    Estou, filho. Nunca te desampararei, nem te deixarei. Pode uma mãe deixar o filhinho que tanto ama? Pois isso, até pode acontecer - por mais inverossímel que possa parecer. Mas mesmo assim, EU jamais te abandonarei. Porque EU te gerei. Eu Sou o Teu Pai.

    Obrigada Deus, pela vida da Fátima.
    Que a paz esteja contigo, minha irmãzinha amada, em nome de Jesus.

    Mônica Sampaio
    monica.sampaio1@gmail.com
    www.docoracaodedeusparaoseucoracao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Graça e paz!
    Vim conhecer seu Blog e tive uma grata surpresa, pois é muito boa sua iniciativa.
    Já estou seguindo.
    Venha dar a honra de sua visita no PASTORAGENTE.BLOGSPOT.COM e, se quiser seguí-lo, vai ser uma alegria para mim.
    Lá eu exponho da forma mais realista e divertida possível as situações, dúvidas, experiências ministeriais e pessoais de uma mulher simples como eu.
    Fique na paz e que o Senhor abençôe você e toda sua família.
    Abração!!!

    ResponderExcluir
  5. Quero dizer que gostei do seu blog e sempre te admirei.
    um beijo
    Andréa

    ResponderExcluir
  6. NOSSA ADOREI SEU BLOG....QUE O SENHOR CONTINUE TE ABENÇOANDO...

    ResponderExcluir